terça-feira, 1 de novembro de 2011

Fechamento de outubro



Acelerando rumo a mais uma marca interessante: 211k. Esse mês nem foi dos piores, só fiquei com vontade de largar meu emprego umas 3 vezes. Esse dia vai chegar!!! Infelizmente até antes de eu alcançar meus 500k, mas vamos aos poucos, celebrando o que deve ser celebrado (o que era mesmo???). Enfim...

Não é fácil ganhar um salário um pouquinho acima da média, não sei se teria estômago para ganhar posições hierárquicas, aumentar meu salário e ganhar novos inimigos e desafetos. A inveja, como bem cunhou aquele adesivo da velha brasília, é uma merda.

Estou com preguiça, não vou colocar as fórmulas para calcular a variação de cada aplicação contra o mês anterior. A novidade é o investimento em RF (via Sofisa Direto), coloquei um "cadinho" e pretendo aplicar até o limite que o fundo garantidor me preserva em caso de quebra do moderno banco.

Aumentei minha exposição à renda variável. Sou como mulher de malandro, sei que ele não presta, mas continuo buscando seu ombro cafajeste nos momentos de indecisão e  angústia (sou zero a esquerda em ações).

Por falar em angústia, tem algo pior que notar que a vida corre em passos largos?




E vocês, estão bem?


13 comentários:

  1. Em outubro a minha carteira teve um bom desempenho +3,5%. Parabéns pelo porfólio!

    Abços.
    E vamos em frente!

    ITM

    ResponderExcluir
  2. Mais de 100 mil reais em Tesouro Direto é muita coisa.
    Atualmente ando querendo dar uma acelerada... devo trocar um pouco de TD por empresas boas pagadoras de dividendos.
    TD dá uns 4% líquido ao ano.
    Comecei a dar uma estudada...Acho que dá pra conseguir uns 8% fácil só com dividendos de empresas elétricas... jogando pra baixo.
    Tipo.Com tanta grana, vc pode por uns 50mil em TD e 50mil companhias elétricas.
    Dá uma pensada nisso.
    Qto a largar emprego, por causa de rendimentos, vejo a cada dia que é mais dificil.
    Melhor tentar buscar um emprego "menos pior".
    E aproveitar melhor o tempo livre!
    Abs!

    ResponderExcluir
  3. pobretão de vida ruim1 de novembro de 2011 23:59

    Meus dados:
    set: R$69.000
    out: R$75.500
    +8,2%

    70% RV - 30% RF

    Rumo aos R$ 77.000 (35,78% de tudo o que o Pt tem).

    Olha caro amigo IF e PT, a vida anda passando muito rápido pra mim quando era mais jovem adolescente tudo era lento e triste agora tudo é rápido e depressivo.

    Sobre o salário, é foda largar emprego pra pegar algo que pague menos. Mas se fosse pra eu ganhar a mesma coisa num emprego mais light, em que eu tivesse que fazer coisas simples, tranquilas, com autonomia, sem pressão, eu seria o cara mais feliz do mundo pois a caminhada pro 1 milhão seria mais relax, equilibrada e não esse stress absurdo, assédio, etc.

    Parabéns

    ResponderExcluir
  4. Desculpe. Realmente é fácil falar em mudar de emprego.
    Só que minhas projeções estão dando uns 20 anos para chegar no milhão.
    Ficar insatisfeito por 20 anos não dá.
    Ou mudamos de emprego, ou visão ou geramos alguns artificios para que não seja tão penoso assim.
    Ainda acredito que a saída mais fácil é a semi-aposentadoria.
    Estou apostando nas smallcaps para tentar acelerar um pouco e ando pensando em investir em fluxo de caixa via ações que pagam bons dividendos para gerar uma segunda renda via dividendos. Mesmo sabendo que este dinheiro investido em empresas de dividendos atrase um pouco a acumulação de capital.

    ResponderExcluir
  5. Olá PDT.
    Parabéns pela carteira.
    Se quiser saber mais sobre ações, pode sugerir alguns livros.

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. pobretão de vida ruim2 de novembro de 2011 09:53

    IF, o bom das empresas de dividendos é que entra dinheiro pra fazer aportes em outras empresas, não se fica preso a própria renda para fazer aportes.

    Sobre emprego, sim, 20 anos num emprego horrível é demais. Torna a caminhada para a independência um completo inferno. Não sei o que fazer quanto a isso sabe. Queria um emprego que pagasse um determinado montante tipo uns 8000 ou 7000 mil mas que fosse mais mecânico, sem pressão, que envolvesse tarefas sem tanta cobrança, com autonomia, tranquilidade todo dia, e HORÁRIOS BONS, sem ter que fazer hora extra não pagas, das 8 às 5.

    Nos EUA a galera trabalha das 9 às 5 e vai embora, não está nem aí.

    Sabe, quem sabe esta seja a fonte dos meus problemas. Não é o aporte ou ser pobre e demorar a chegar em um milhão e sim meu emprego.

    ResponderExcluir
  7. Acredito vc a solução de trocar de emprego gaste bem menos tempo que acumular dinheiro por 20 anos...rs

    ResponderExcluir
  8. comprem + livros, busquem informacoes, estudem, oportunidades na bolsa é o que nao faltam! objetvio/disciplina/estrategia.

    ResponderExcluir
  9. Não apostar todas as fichas na independência financeira via investimentos para ser feliz.

    Nossa vida é agora e não daqui 20 anos. Se não está tudo bem, devemos pensar: "O que eu posso fazer AGORA para melhorar um pouco minha situação?"

    Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  10. Pessoal, desculpe a demora em responder aos comentários, vamos lá:

    ID, rapaz, cachorro mordido por cobra tem medo de línguiça. Já perdi muita $ em ações, vou leve, prefiro deixar o grosso em TD mesmo. Não tenho tempo de me especializar em ações, e em RF tenha a certeza de que a minha grana nunca diminuirá

    Pobretão é so o nick,né? Tá com 85k na mão. Um pobre não vê isso nem em filme.

    Além da Poupança, não entendi seu ponto. Se eu quiser entender mais sobre ações eu fevo sugerir uns livros????

    Investindo na Vida, compartilho do seu ponto de vista. Acho que o grande erro é achar que seremos felizes no futuro. O futuro chega e criamos novas insatisfações. Sou muito grato pelo vida que levo agora, e não me privo de fazer o que gosto. Isso me norteia.

    Abs a todos!

    ResponderExcluir
  11. Cara,
    Falando sério... R$ 1 milhão ajuda muito, mas não resolve se você tiver apenas essa grana pra viver pelo resto da vida, sem trabalhar.
    Isso não é independência financeira.
    Outra coisa, R$ 1 milhão daqui a 20 anos a uma inflação de 5% ao ano, por exemplo, equivale a R$ 358.485,92.
    Reflita melhor, procure outro emprego e boa sorte!!!
    Breno

    ResponderExcluir
  12. Olá, Breno. Tudo certo!?
    Não escrevi em nenhum post que com 1 milhão na mão irei parar de trabalhar.

    ResponderExcluir
  13. pobretão de vida ruim15 de novembro de 2011 20:46

    "Falando sério... R$ 1 milhão ajuda muito, mas não resolve se você tiver apenas essa grana pra viver pelo resto da vida, sem trabalhar.
    Isso não é independência financeira."

    Então independência financeira não existe amigão.

    ResponderExcluir