terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Uma ideia

Meus caros, viver de renda não é fácil, por dois motivos: primeiro pela dificuldade em poupar a grana suficiente (o custo para viver está impraticável...) e segundo pela dificuldade em fazer nada durante muito tempo (ocupar a cabeça é fundamental para a saúde de qualquer um). Sim meus caros parceiros, não sei se conseguiria imaginar a vida sem trabalho. "Porra o nome do seu blog é Parar de Trabalhar e você me vem com esse papo furado agora????". Essa pode ser a sua reação, mas venhamos e convenhamos, coçar o saco o dia inteiro, por muitos anos não é fácil, né? Qual é a minha proposta? Um devaneio de final de ano, um pedido na carta que enderecei ao Papai Noel. Quero continuar a trabalhar, quero juntar uma bela grana (sim, 1 milhão é a grande marca para qualquer um) e trabalhar alguns meses por ano. Legal, né? Por exemplo, não gostaria de trabalhar durante o verão, com a grana que tenho posso bancar a viagem que quiser (eu adoro viajar) para onde eu bem entender e ficar por lá o tempo que achar conveniente, gastando a grana com a parcimônia que me é peculiar. Ao voltar para minha doce casa irei procurar um emprego, um emprego ordinário, desses que não é exigido muita responsabilidade e que pague um ordenado razoável (qualquer R$ 1.500 da vida....). Passo mais alguns meses trabalhando e.....saio fora. Continuo gerando renda e minha bola de neve continua rodando. Apenas uma ideia, ok? Por favor não joguem terra nela. Sonhar não custa nada, não se paga pra sonhar. Lembra disso? Até a atualização de dezembro! Um ótimo natal pra você!

20 comentários:

  1. Se você correr atrás de uma atividade autônoma não precisará ficar procurando emprego todos os anos. Sem falar que não irá depender de ninguém para trabalhar, apenas de você. Se achar alguma coisa boa me avise rsrs

    Abcs,

    ResponderExcluir
  2. Procurar emprego nesse esquema você vai conseguir só no início. Depois sua carteira vai sempre ficar com um vácuo nas mesmas épocas no ano e ninguém mais vai querer te contratar, afinal o empregado saberá que vai ter gastos com novas contratações logo mais.

    Mas porque não procurar um serviço como autônomo ou montar uma empresa?

    ResponderExcluir
  3. Esse esquema de trabalho pode ser complicado. Ninguém contrataria alguém com tanta rotatividade. Mas pense nestas atividades:
    - escrever livros;
    - dar aulas em cursos temporários;
    - escrever blogs que deêm rentabilidade;
    - vender produtos em lojas virtuais;
    - desenvolver e vender aplicativos para mobile;
    - gerenciar pequenos negócios (táxis, franquias, quiosques, etc).

    ResponderExcluir
  4. Em uma situação onde meus investimentos me sustentariam com uma razoável folga, eu iria fazer trabalhos voluntários para ajudar outras pessoas. Quem sabe ajudar com minha experência de investimentos ou participar de uma ONG para ajudar a comunidade sem esperar qualquer coisa em troca. Quem faz isso diz que é recompensador.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Isso faz todo o sentido! Estou num período sabático, estou longe da IF mas depois que vendi minha empresa em setembro decidi ficar uns tempos "coçando". Ao mesmo tempo que é uma delicia ficar sem fazer nada, e melhor, poder fazer o que quiser, na hora que bem entender; é complicado ficar de cabeça vazia. Em fevereiro volto a ativa, já estou com um negócio fechado, mas quero trabalhar mais uns 3 anos, passar pra frente e descansar novamente.

    ResponderExcluir
  6. Eu estou até o momento, com a idéia de quando a aposentadoria chegar, de construir casas e vender, dai não terei o compromisso de ficar amarrado ou comprometido com algo, construo uma casa coloco a venda e vou passear e quando der vontade volto aos negócios novamente.

    Abços
    ITM

    ResponderExcluir
  7. Achei legal sua ideia de aposentadoria, acho que deve ser muito ruim ficar o tempo todo sem fazer nada, acredito que a pessoa deva se sentir inútil.

    ResponderExcluir
  8. H S,

    Quando der me adiciona ai na sua lista de blogs eu já lhe adicionei na minha, assim mantemos contato e trocamos comentários!

    Abços

    ITM
    http://investindo-todo-mes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Todos,

    Obrigado pelas sugestões. Gosto da possibilidade de trabalho autônomo, mas acredito que acabará esbarrando na mesma questão da falta de credibilidade que posso ter com a carteira assinada (falta de constância e sumiços repentinos), gosto bastante também do trabalho voluntário, é algo inclusive que ocupa parte pequena de minha rotina atual. Decerto é uma questão muito emblemática e sei que poderia ter esses impedimentos de um empregador desconfiado de minhas andanças por vários empregos, mas sabem como é, né!, é natal e é tempo de sonhar...rs.

    Abs.

    ResponderExcluir
  10. Trabalho voluntário é uma boa. ele nos faz sentir bem.

    outra opção seria escrever livros sobre finanças, montar cursos sobre bolsa de valores.

    alien1rj@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. pobretão de vida ruim23 de dezembro de 2011 14:51

    Bom eu já sou diferente. Adoro ficar sem fazer nada. Dormir, acordar, comer alguém, enxer a cara, dormir, jogar video game, ver um show, ir na balada, surfar a internet, viajar, ir pra praia, ir pra serra, fazer loucuras.

    É porque vocês ficam tão presos no trabalho que acabam ficando sem hobbies e vida fora do trabalho.

    Pra mim IF é não fazer nada CASO NÃO QUEIRA.

    Sobre a sua idéia PT, é inviável. O ideal é ter um trabalho autônomo.

    O melhor modo de garantir fluxo de caixa após a IF é franquias e lojas. Abra algo estável e operacionalmente fácil mesmo que renda um ROI baixo mas suficiente para cobrir o custo de vida enquanto o principal que juntou (no caso 1 milhão) continue rendendo bastante e aumentando o bolo.

    ResponderExcluir
  12. Eu do alto da minha humilde opinião que não vale quase nada, diria que você deve ler o livro "Trabalhe 4 horas por semana" ou se preferir "The 4 Hour Workweek" de Timothy Ferriss.
    Tirando a parte que só funciona nos EUA, tem alguns bons conselhos.
    Ou comece criar uma lista de coisas para fazer antes de morrer, como estou começando no meu blog:
    http://oinvestidoranonimo.blogspot.com/2011/12/2011-fechando-conta.html

    ResponderExcluir
  13. IA, como assim a sua opinião não vale nada???? Adoro sugestões de livros, vou procurar. Obrigado e não deixe de postar seus comentários...

    Abs!

    ResponderExcluir
  14. Olá PDT como vai?

    Bom voce deve estar curtindo as ferias...tranquilão... Mas vou deixar uma perguntinha!
    Para declaração de Imposto de Renda eu tenho uma "merrequinha" no tesouro direto e Petro, como é a primeira vez que eu vou declarar este tipo de "dinheiro em caixa" não sei se tem algum esquema, forma, de se declarar para que não gere pgto de IR, o que me diz?

    Beijos Fer

    ResponderExcluir
  15. Oi, Fernanda. Tudo bem com vc? Por aqui tudo indo....

    Fernandinha, o pagamento de imposto de renda não é opcional, viu! Até porque poucas pessoas seriam candidatas a esse recolhimento voluntário....rs.
    Os títulos do Tesouro Direto são descontados de IR quando vc recebe a grana no vencimento, para a declaração você deverá lançar apenas o valor como patrimônio (você não será tributada novamente), o campo, se não me engano, será o "declaração de bens e direitos". Para ações você deverá recolher IR se tiver movimentações acima de 20k em um mês, vc consegue essa informação mais precisa em sua própria corretora. Mas lembre-se, recolha sempre o que for devido!
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. também acho que o ideal que todos buscamos não é ficar em casa sem fazer nada, mas sim ter tranquilidade financeira para trabalhar com o que quiser,quando quiser, se quiser.

    e outra... ficar 6~8 horas por dia sentado com a cara colada na tela do HB olhando gráfico procurando uma boa oportunidade para um day trade, também pode ser considerado um trabalho. Quero dizer que administrar bem um patrimônio considerável e fazer com que ele continue crescendo, dá trabalho.

    ResponderExcluir
  17. Senhores(a) Como eu queria achar a grande receita para parar de trabalhar, acredito ter inumeras coisas para fazer no dia a dia, caminhar sem hora para voltar, andar de bicicleta para um local distante, vadiar na net, dormir, passear de ônibus por locais que não conhece, em fim, muita coisa pode ser feita, agora como fica sem trabalhar tendo 2 filhos pequenos, esposa sem trabalhar, prestação de carro, escola das crianças, agua, luz e etc ???
    Dificil... Atualmente conto com renda de R$ 3.000.00 para tudo, vou ficar de olho no blog para ver se alguma idéia aparece para suprir essa rensa e ficar pelo menos trabalhando pouco... Abraço!

    ResponderExcluir
  18. A idéia é bacana, mas acho que melhor do que "arrumar um emprego ordinário que pague 1500 reais" é "arrumar um emprego em que eu trabalhe com que gosto", mesmo não ganhando os 1500 reais (afinal, o emprego é pra ocupar o seu tempo, já que o dinheiro está sendo gerado pelos ativos! hehe

    No mais, vou começar a acompanhar o seu blog, estou no começo do meu caminho ainda (chegando nos 15mil investidos...)

    ResponderExcluir
  19. Post perfeito, eu sonho a mesma coisa que você.

    - Viajar sem me preocupar com a data da volta (lógico, com parcimônia).
    - Trabalhar fazendo o que se gosta, mesmo que ganhando 1500 reais por mês.
    - Ficar sem trabalhar em um período do ano para se dedicar a qualquer outro hobby que tenha valor pra você.

    Vambora, rumo ao 1M! :)

    Abs!

    ResponderExcluir
  20. Pra mim vocês são loucos. Não existe nada melhor do que acordar e saber que você não tem nenhuma obrigação, saber que você pode mandar no seu dia. É claro que ficar dentro de casa o dia inteiro não faz bem a ninguém, por isso quando atingir a minha IF, eu poderei adquirir hábitos que hoje ainda não são possíveis. Imagina como é bom, você poder ir para uma balada tranquilamente na terça feira, encher a cara, acordar 2 horas da tarde, e saber que tá tudo beleza, que o dinheiro tá na conta, a comida na geladeira, as contas em dia... Pra mim, isso é INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA, você não depender dos outros para fazer o que você quiser, alias, você ter DINHEIRO e TEMPO disponíveis, essa é a combinação da felicidade, com toda certeza.

    ResponderExcluir