terça-feira, 17 de maio de 2011

Breve constatação (quase um repente)

Para parar de trabalhar tem que trabalhar pra caceta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário