segunda-feira, 16 de maio de 2011

Parar de trabalhar por quê?

"O trabalho enobrece o homem" e enche o seu saco também.

A rotina de trabalho é algo que, embora fundamental para a nossa rotina mental, contribui para cercear a nossa própria liberdade, vontades e desejos. É evidente que trabalhar é uma atividade básica fundamental da rotina humana (desde sempre) e o que pretendo em minha vida é deixar essa corrida que não leva ninguém a lugar nenhum. Qual o sentido de ficarmos sentados 8, 9, 10,12 horas em frente à um computador, em uma rotina que contempla reuniões insuportáveis, colegas carreiristas, brigas de ego entre diretores, novos concorrentes, viagens desnecessárias, metas de desempenho, alto nível de stress, chefe incompetente, trânsito etc, etc..?
Deixar essa rotina não implica em passar a ser um espectador da vida, sentado em uma praça, com um jornal no braço, rindo dos engravatados, jamais. O que pretendo é poder me dedicar a algo que traga satisfação, sem ter que considerar quanto irão pagar por isso. Quero ter tempo. Esse é o bem mais sagrado que podemos comprar. Mais importante que um apartamento, carro, casa de praia, helicóptero, jet ski. Nada se compara a ter tempo para fazer o que der na telha. Nossa rotina de trabalho eliminou nossa mais sagrada condição: a liberdade.
Nada mal pegar um voo para a cidade que você quiser, voltar quando bem entender no dia em que achar melhor. E, melhor, sem ter que passar no RH para assinar o recibo de férias.

11 comentários:

  1. PT,

    Entendo e compartilho do seu pensamento.
    Eu acredito não irei parar de trabalhar. Mas terei uma atividade que não chamarei de trabalho, que seja totalmente flexível quanto a questão de tempo e vontade de executá-la.

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidos Defensivo... compartilho a mesma idéia de pensamento sua... Acho q quando eu tiver meu 1K, sei q não poderei ficar andando de Ferrari por aí, terei q levar uma vida boa, suave, sem muitas frescuras... mas serei um IF.

      Estou começando meus posts agora... depois dê um look na minha situação maluca...

      Abraços!

      Rico na Matrix
      http://riconamatrixx.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. ID, valeu pela força! Bom contar com gente com vontade de ajudar e que divide os mesmos pontos de vista. Estamos juntos!
    Abs.

    ResponderExcluir
  3. Trabalhar é um castigo, muito melhor é deixar o dinheiro trabalhando pela gente.

    Existe uma cultura que idolatra o trabalho como se isso transformasse gente em semideus, besteira

    Se fosse no máximo 4 horas por dia estaria um pouco melhor

    ResponderExcluir
  4. Odeio trabalho com todas minhas forças, odeio, odeio, odeio chefe, odeio que alguém mande em mim, me dá nojo que outro ser humano mande em mim, me maltrate oprque dependemos dele para me alimentar e ter teto (escravidão alow?).

    Quero sair dessa corrida dos ratos.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo, o trabalho, e tudo que ele traz a reboque, é um mal necessário, infelizmente. No atual sistema em que estamos inseridos não podemos abdicar dele, correndo o risco de ficarmos marginalizados. Use ele a seu favor, o explore sendo também explorado. Junte capital e dê o fora quando achar que acumulou um bom montante. Pelo seu comentário acredito que ter seu próprio negócio seria uma boa opção.
    Abs!

    ResponderExcluir
  6. Sim meu sonho é ter meu negócio. É um mal necessário trabalhar e sem trabalho somos considerados um nada pra sociedade, amigos e até nossos pais.

    É horrível o gosto amargo de acordar cedo, a depressão de domingo a noite, o cansaço e a falta de forças pra fazer algo após chegar do serviço, chefes assediadores morais, ordens sem pé nem cabeça, políticas corporativas injustas e estressantes, o medo da demissão a qualquer momento, os horários ridículos..

    Fico até depressivo ás vezes.

    ResponderExcluir
  7. Eu também detesto trabalhar fora. Sinto-me prisioneira e infeliz. Não sei o que fazer. Parece que sou um artifício, fingindo para todos que sou feliz. Pior é chegar em casa e todo o serviço está lá me esperando. Sou secretária e chamo essa profissão de "babá de adulto". Trabalho para enriquecer meu chefe e outros gerentes e facilitar a vida deles o máximo que posso. Trabalho tanto, perco o sono, com tantas rsponsabilidades que tenho. Que lixo de vida!

    ResponderExcluir
  8. Esse seu post resume bem o que tenho pensado ultimamente, toda essa estrutura doente de escritório, email, jobs que não levam a lugar nehum... Não fazem o menor sentido.

    Pretendo sair dessa corrida o quanto antes

    ResponderExcluir
  9. Trabalhar é uma das piores coisas da vida...

    ResponderExcluir